O guia do santuário ecológico

O guia do santuário ecológico

Científico

Artigos
Estudos

Busca

Galeria de Fotos

Transpantaneira PDF Imprimir E-mail

Iniciada em 5 de Setembro de 1972, as obras na estrada começaram no extremo norte do Pantanal, em Poconé, e seguiram por quatro anos de aventura até as margens do rio Cuiabá, na Vila São José, hoje Porto Jofre.

Transpantaneira

Em tempos de "milagre econômico" no começo dos anos 70, ela nasceu celebrada com ufanismo comparável à duas outras megalômanas obras de seu tempo: a ponte Rio-Niterói e a Transamazônica (hoje em situação mais lastimável). Seria peça importante sobre um certo "caminho do paraíso", o sonho necessário do progresso em uma das regiões mais belas e isoladas do Brasil. A nova rodovia teria ao todo 397 quilômetros, unindo Poconé a Corumbá. Formaria-se assim uma via de ligação de norte a sul do Pantanal, unindo por sua vez o Mato Grosso ao Sudeste do Brasil.

Só que o sonhado "caminho do paraíso", revelou-se mais cheio de pedras que o previsto. O que restou foi uma estrada com média de dez metros de largura e uma característica só dela: ao longo de seus 145 quilômetros, são 125 pontes de madeira, isto é, a estrada com maior número de pontes do mundo.

Ao longo do tempo, percebeu-se que acabaram criando, sem querer, uma "eco-rodovia", onde os aterros revelaram uma surpreendente capacidade de reter as águas das cheias. Assim, mesmo na época das secas mais terríveis, a água acumulada nas laterais da Transpantaneira, transforma-se num prodigioso refúgio de jacarés, capivaras, tuiuiús, sucuris e muitos outros animais, num efeito idêntico às muitas lagoas da região sul do Pantanal, perto de Corumbá.

Hoje, conta-se nos dedos os veículos que passam diariamente na estrada. Os raros transeuntes variam conforme a hora. Antes do sol nascer, são os ciclistas-pescadores de Poconé, bàsicamente garimpeiros que antes do trabalho jogam suas linhas nos primeiros riachos em busca do almoço do dia. Nas primeiras horas do dia são os pescadores melhor equipados que passam em suas caminhonetes rumo a Porto Jofre.

Como chegar

Via Poconé, a 102 km de Cuiabá, por via asfaltada.

Onde ficar

     - Pousada das Araras
     - Pousada Beira Rio
     - Pousada Tayaman
 
 
Joomla 1.5 Templates by Joomlashack